EmpregosVip não faz ligação telefônica para ninguém!

Sobre a carreira do auxiliar administrativo

O auxiliar administrativo é um profissional fundamental para o funcionamento de praticamente qualquer organização. Sua função é apoiar a rotina administrativa e as atividades de controle e gestão financeira das empresas, organizando o fluxo de correspondências, contas e documentos, operando equipamentos e programas necessários ao funcionamento do escritório, entre outras atividades.
Atenção ao detalhe, dinamismo, discrição, bom relacionamento, responsabilidade, confiabilidade, boa noção de administração do tempo, facilidade com números, bom humor e capacidade de lidar com pessoas (público interno e externo) são algumas das características buscadas em um bom auxiliar administrativo ou assistente administrativo.

 
O mercado de trabalho para auxiliares administrativos é favorável em todos os setores da economia. Organizações públicas, do terceiro setor e empresas privadas empregam assistentes administrativos em todo o Brasil. Para se destacar no mercado, o profissional deve buscar formação e atualização constantes.

A função de auxiliar administrativo não exige formação de nível superior, embora estudantes do bacharelado em administração possam começar sua vida profissional nas empresas como auxiliares administrativos. A maior parte das empresas exige que o candidato a auxiliar administrativo tenha completado pelo menos o ensino médio e ter feito cursos ligados à administração aumenta consideravelmente a chance de conseguir um emprego na área.


Uma das possibilidades de formação para atuar como auxiliar administrativo é fazer o curso Técnico em Administração. De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, publicação elaborada pelo MEC, esse curso precisa ter pelo menos 800 horas de duração. Ao terminar o curso, o profissional estará apto a:

Lidar com documentos administrativos e controle de estoques (arquivo, protocolo, elaboração e expedição)

Operar sistemas de informações gerenciais

Utilizar ferramentas da informática para auxiliar operações da organização
O campo de trabalho para o auxiliar administrativo é amplo. Empresas de todos os setores da economia, desde as pequenas e médias até as de grande porte, precisam ter um auxiliar administrativo entre os seus funcionários. Essa é uma função que pode ser exercida em empresas privadas, órgãos públicos, associações e organizações não governamentais (ONGs). Escritórios, escolas, hospitais, indústria, comércio, serviço, órgãos públicos federais, estaduais e municipais, só para citar alguns, são exemplos de empresas onde o auxiliar administrativo pode trabalhar.

Entre as atividades realizadas por um auxiliar administrativo, podemos citar:

Enviar e receber documentos
Controlar entrada e saída de correspondências
Atender ligações telefônicas
Manter atualizada a agenda de contatos da empresa
Operar programas e equipamentos necessários ao funcionamento do escritório
Recepcionar o público em geral
Agendar atividades internas e externas
Elaborar relatórios
Manter o espaço de trabalho organizado e funcional
Realizar tarefas e rotinas administrativas em geral
Para aumentar ainda mais a empregabilidade e o nível salarial, o auxiliar administrativo pode fazer um curso superior de Tecnólogo na área de Gestão e Negócios, ou mesmo um bacharelado em Administração.

Salário Mínimo Profissional do Auxiliar Administrativo

A função de auxiliar administrativo não possui um salário mínimo profissional definido em todo o País. Em cada Estado, os profissionais dessa categoria podem firmar acordos e convenções coletivas por meio dos seus sindicatos para determinar o piso salarial, benefícios, pagamento de horas extras e condições de trabalho em geral. Seguem alguns exemplos:
O Sindicato dos Empregados em Processamento de Dados no Estado do Paraná define três faixas de piso salarial para auxiliares administrativos:

Auxiliar Administrativo I: R$ 984
Auxiliar Administrativo II: R$ 1.081
Auxiliar Administrativo III: R$1.395

De acordo com o Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado do Rio Grande do Sul, o piso salarial de auxiliares administrativos deve ser de R$ 866 para 220 horas de dedicação mensal.

No estado do Rio de Janeiro, onde os auxiliares administrativos não contam com um acordo coletivo, existe a Lei RJ 6.702/2014, que fixa um piso salarial de R$ 988 para a categoria válida em todo o estado.

Média salarial do auxiliar administrativo
Os salários para auxiliares administrativos variam bastante de acordo com a região do Brasil, o porte da empresa, o setor da economia e a qualificação do profissional.

De acordo com o levantamento salarial do SINE (Site Nacional de Empregos), um auxiliar administrativo ganha entre R$ 834 e R$ 2.101, com média de R$ 1.325. Já um auxiliar de escritório, segundo a mesma pesquisa, ganha em média R$ 1.225 mensais.

O site de empregos Catho divulga um levantamento salarial com dados de todo o Brasil. Para assistente administrativo e cargos relacionados, a média salarial fica em torno de R$ 1.500.


Confira o salário médio do auxiliar administrativo e outras funções correlatas segundo o site:

Auxiliar administrativo: R$ 1.172
Assistente administrativo: R$ R$ 1.505
Assistente administrativo de manutenção: R$ R$ 1.713
Auxiliar de arquivo: R$ 1.004
Auxiliar de almoxarifado: R$ 1.183
Auxiliar de estoque: R$ 1.038
Auxiliar de expedição: R$ 1.164
Auxiliar de departamento pessoal: R$ 1.257
Auxiliar de faturamento: R$ 1.273
Auxiliar contábil: R$ 1.306
Auxiliar de seguros: R$ 1.136

Fonte: Guia da Carreira

FAVOR ENVIAR CURRÍCULO SOMENTE OS QUE ATENDEREM O PERFIL SOLICITADO. DICAS: Não faça panfletagem com seu Currículo, somente envie o mesmo para as Vagas anunciada. No Assunto do E-mail, sempre coloque o nome da Vaga na Qual está se candidatando. Sempre Verifique a Correção Ortográfica antes de Enviar seu Currículo.